667 img 1861.original

Coruja Musical

Fortaleça a co-responsabilidade financeira da comunidade que cuida da Coruja Musical, projeto que proporciona encontros musicais e pesquisa uma educação não-institucionalizada, para crianças e famílias, na Praça das Corujas!

R$340
arrecadados por mês

10
pessoas apoiam

Apoiar

Como seria uma cidade com espaços públicos que acolhessem a infância? Uma cidade com espaços preparados que cuidassem melhor da segurança das crianças? Que promovesse mais encontros relaxados entre pessoas? Que tivesse espaços onde a linguagem dominante não fosse a argumentação e a troca de opiniões, mas a música, a escuta verdadeira, a dança, a expressão artística?

A Coruja Musical é uma vivência voltada para crianças e famílias, que teve início na Praça das Corujas (São Paulo) em Abril de 2015, como uma das práticas da rede de aprendizagem Barro Molhado. O Barro Molhado nasceu de um alegre encontro entre educadores e famílias interessadas em promover uma educação desvinculada da ideia de produtividade e da maneira industrial de pensar tempo e espaços de aprendizagem. Apelidamos de “chamados” os encontros que nascem dessa rede: grupos de pessoas interessadas em diferentes formas de criar ambientes relaxados e respeitosos para as trocas de saberes e experiências, envolvendo crianças e adultos.

Assim, a Coruja Musical tornou-se um dos chamados dessa rede de pessoas curiosas. Um encontro comunitário, aberto para famílias, musicistas, pesquisadoras da infância, educadoras e outras pessoas interessadas em práticas educativas e musicais não-institucionais e não-diretivas. Já estamos nos encontrando semanalmente há mais de 2 anos e celebramos todas as aprendizagens e recursos compartilhados que têm surgido a partir desse processo de enraizamento.

Os encontros são semanais e não-cobrados. Há cestas no local que recebem contribuições financeiras pontuais. Também é possível apoiar o projeto de forma regular, tornando-se um dos patronos/as que sustentam a continuidade dessa prática, através do nosso Unlock (link: https://unlock.fund/pt-BR/corujamusical)

Criamos também uma pequena “caixinha do busão”, que circula recursos para ajudar no transporte de todas as pessoas que frequentam o encontro. A caixinha tem entrada e saída livres: é possível pegar a quantia necessária ou contribuir com a quantia que se deseja)

Todas as pessoas presentes são convidadas a colaborar com alguma das necessidades do encontro, antes, durante e após o evento. Basta observar um pouco e logo essas necessidades ficam claras. As tarefas são comunitárias e circulantes:

- recolher cocôs de cachorros ou lixo do espaço que ocupamos;
- ajudar a carregar a parede sonora da horta para a praça;
- montar a parede sonora;
- confeccionar materiais novos que os encontros estejam necessitando (caixinhas de contribuição, estandarte, instrumentos, etc)
- tocar um instrumento;
- cantar uma música;
- chamar uma brincadeira de roda;
- guardar a parede sonora;
- levar louças (cumbucas, talheres, copos, álcool gel, toalhas de mesa, guardanapos) para os almoços comunitários (toda 1ª quarta-feira do mês)
- apoiar o unlock da coruja musical
-etc.

Este financiamento coletivo é uma ferramenta de arrecadação de apoios recorrentes, mensais. Um dos aspectos que apoiam a comunidade a seguir cuidando e aprofundando a pesquisa de uma educação livre, não-institucional, não-diretiva, é a existência de uma co-responsabilidade financeira entre as pessoas que vêem algum sentido no projeto. Assim, criar uma assinatura de contribuição é cuidar da continuidade dessa pesquisa e deste projeto, a longo prazo.

É também uma forma de contribuir com a ação/iniciativa de pessoas comprometidas com essas ideias, mesmo que você não frequente os encontros da Coruja Musical ou outros encontros da rede.

O valor da sua contribuição pode ser buscado na relação entre o quanto você pode contribuir e o quão forte é seu desejo de que esta prática se fortaleça. Em outras palavras: quanto acesso tenho ao dinheiro e qual é o valor que dou a este projeto?

Os custos dos encontros e de vida das pessoas que o organizam são variáveis, por isso não há uma meta (teto). Quanto mais circulação de recursos, mais forte a comunidade. Quanto mais forte a comunidade, mais energia terá para expandir os limites de suas ações, tais como a Coruja Musical.

Para saber mais sobre a história do Barro Molhado em seus primórdios, acesse o blog.

Para ficar sabendo dos eventos da Coruja Musical e participar das outras interações do Barro Molhado, solicite entrar no grupo do facebook Barro Molhado

Se não puder realizar uma contribuição mensal através de uma assinatura regular, é possível também realizar uma doação pontual, nos próprios encontros da Coruja Musical. Sempre abrimos os eventos dentro do grupo do Barro Molhado, no facebook.

É só chegar!!!

Apoiar